Espetáculo musical Sarau para Lupicínio – 100 anos

Logo-caixa-cultural

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 12 a 14 de Setembro (sexta-feira a domingo), às 19h, o espetáculo musical Sarau para Lupicínio – 100 anos, para homenagear Lupicínio Rodrigues na semana de seu centenário. A série de três shows dos irmãos gaúchos Nina, Guto e Grazie Wirtti terá participações do também gaúcho Bebe Kramer, do carioca Marcos Sacramento e do violinista francês Nicolas Krassik.

Em cada noite, uma roda de músicos forma um grande encontro de instrumentistas e compositores da cena musical brasileira. Luís Barcelos (bandolim), Rafael Mallmith (violão), Anderson Balbueno (pandeiro) e Pedro Franco (violão) completam a banda. A direção musical é de Guto Wirtti.

O repertório das três noites divide-se entre o lado boêmio (da canção dor de cotovelo ao samba) e o sentimento regionalista de Lupicínio. Foram ouvidas mais de 150 canções do homenageado para a seleção de cerca de 30 números que compõem o show. “Lupe encerrou ao seu redor o mito do boêmio, do seresteiro, do amigo da noite e é figura mitológica do Rio Grande do Sul”, explica Nina Wirtti, idealizadora do projeto, que conheceu a obra do artista nos encontros de sua família seresteira, na cidade de Santa Maria.

O roteiro inclui, ainda, clássicos do compositor como Felicidade, Cadeira Vazia e Nunca, além de preciosidades como os sambas Pergunte aos meus tamancos e Pregador de bolinha, jamais regravados desde que foram lançados nos anos 1930 e 1940. Num momento apelidado pelos artistas de “gaudério” – gíria do Sul que designa o gaúcho típico dos Pampas – um bloco comandado por Bebe Kramer homenageia a terra natal com composições sobre o universo gaúcho, como Cevando o amargo e Jardim da Saudade.

O cantor e compositor Antonio Gringo -pai de Nina, Grazie e Guto- e Yamandu Costa, com suas vozes gravadas, também participam do espetáculo lendo trechos de crônicas escritas pelo próprio Lupicínio. “Eu não sou músico, não sou compositor, não sou cantor, não sou nada. Eu sou boêmio”, dizia Lupicínio, o autor de sucessos como Se acaso você chegasse (com Felisberto Martins), Vingança e Nervos de aço, e cujo centenário é comemorado no dia 16 de setembro.

O ator e pesquisador Rodrigo Alzuguir assina o roteiro e a direção cênica.

SERVIÇO:

Sarau para Lupicínio – 100 anos
Participações especiais:
Dia 12/09 (sexta-feira) – Bebe Kramer e Nicolas Krassik
Dia 13/09 (sábado) – Bebe Kramer e Marcos Sacramento
Dia 14/09 (Domingo) – Bebe Kramer, Marcos Sacramento e Nicolas Krassik
Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia-entrada). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.

Classificação: Livre

Detalhes do evento:


Loading Map....

Dia(s): 12/09/2014 - 14/09/2014
Horário: 19:00

Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro
Avenida Almirante Barroso, 25 - Centro
Rio de Janeiro - RJ CEP 20031-003

Categoria(s): Não Categorias

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: Gratuito
Período de inscrição:Não foi informado
Site: Não foi informado
Instituição responsável: Caixa Cultural
Email do organizador:Não foi informado
Telefone de contato: (21) 3980-3815

Comments are closed.