Marcos Ariel – Homenagem a Pixinguinha

Marcos Ariel em homenagem a PIXINGUINHA 

O pianista, flautista e compositor Marcos Ariel volta a se apresentar no Teatro de Arena do CCS, desta vez com show em homenagem ao saudoso flautista, saxofonista, compositor e arranjador Alfredo da Rocha Vianna Filho, conhecido como Pixinguinha. Imperdível!

Marcos Ariel iniciou sua carreira profissional em 1976 como integrante do grupo Cantares, atuando durante três anos, ao lado de Zé Renato, Juca Filho e Antonio Sant’Anna. Com 38 anos de carreira e mais de 20 discos lançados, ele, através do seu primeiro disco intitulado “Bambu” de 1981, foi logo contemplado com o Prêmio Chiquinha Gonzaga, sendo esse disco, mais tarde, lançado na França, em 1986.

O disco “Terra do Índio”, de 1988, foi eleito pela revista Jazziz como um dos melhores discos do Jazz nos Estados Unidos. A partir de 1989, Marcos Ariel passou a dividir a sua carreira entre o Brasil e os EUA. Em 2000, pela Rob Digital, lançou “Piano com Tom Jobim”, homenagem ao inesquecível compositor e, em 2004, o  “Diplomatie”, um dueto com o saxofonista canadense Jean Pierre Zanella, e no ano seguinte o “Marcos Ariel & Tigres da Lapa”, onde ele explorou o seu lado flautista, tocando choro, maxixe e valsa, tendo as companhias de José Paulo Becker (violão) e Beto Cazes (percussão), e com a participação especial de Juarez Araújo (sax tenor) e Henrique Cazes (cavaquinho).

Em 2007 lançou o cd “4 Friends”, tendo João Baptista (contrabaixo), Ricardo Silveira (guitarra) e Jurim Moreira (bateria), tocando suas composições “Canto da Paz”, “Bossa Love”, “Ipanema Curves”, “Don Azimuth”, “Passionate Eyes”, “Maracajazz”, “Le Café”, “Afternoon Breeze”, “Yellow Train”, “Rhapsody In Rio” e “Summer Happiness”. Paralelamente, ao seu trabalho solo, atuou de 1986 a 1991 com a Banda Zil, ao lado de Zé Renato, Claudio Nucci, Ricardo Silveira, Zé Nogueira, Jurim Moreira e João Batista.

Gravou, com a banda, o LP “Zil”, lançado pela Continental em 1987. No ano seguinte foi relançado em CD, pela PolyGram americana, nos Estados Unidos, Europa e Japão, acrescido da faixa “Zarabatanat” (Zé Renato). A apresentação que Marcos Ariel costuma fazer em seus shows tem como repertório a Bossa Nova, onde apresenta homenagem a Tom Jobim. Nessas ocasiões, Marcos Ariel também interpreta clássicos do Jazz de forma inovadora no ritmo de Choro. A característica mais marcante nas apresentações musicais de Marcos Ariel é seu poder de interação com a plateia, experiência que desenvolveu em seu trabalho como apresentador de programa de rádio (Globo FM). Além de virtuoso instrumentista, ele revela-se comunicador excepcional que entretém a plateia de forma descontraída, transmitindo informações extremamente interessantes do universo da música.

 

 

 

Detalhes do evento:


Loading Map....

Dia(s): 08/04/2015
Horário: 12:00

Local: Teatro de Arena do CCS UFRJ
CCS UFRJ - Avenida Carlos Chagas Filho, 373 - bloco L, Cidade Universitária, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro - RJ
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro CEP 21941-902

Categoria(s):

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: gratuito
Período de inscrição:Não foi informado
Site: Não foi informado
Instituição responsável: Decania do CCS
Email do organizador:Não foi informado
Telefone de contato: 3938.6629

Comments are closed.