Teresa Cristina: A Imperatriz Arqueóloga

 

covite-digital-teresa-cristina-2

 

Exposição inédita apresenta parte do acervo arqueológico da Imperatriz Teresa Cristina no Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista

Um conjunto de 90 peças da Coleção Teresa Cristina, nunca antes expostas, que traça um amplo panorama das civilizações antigas, integra a exposição temporária Teresa Cristina: A Imperatriz Arqueóloga que será inaugurada na próxima quinta, 31 de março, no Museu Nacional/UFRJ, na quinta da Boa Vista, e aberta ao público a partir da sexta (01/04). A exposição homenageia a Imperatriz Teresa Cristina Maria de Bourbon, esposa de D. Pedro II e grande responsável pela formação da coleção de Arqueologia Clássica do Museu Nacional, a coleção Greco-Romana mais importante da América do Sul.

As peças da Coleção Teresa Cristina são provenientes de escavações ou achados fortuitos em vários sítios arqueológicos da Itália, a maioria delas, no entanto, pode ser remontada às cidades de Herculano e Pompéia e seus arredores; às colônias gregas do sul da Itália e à cidade de Veios, onde a imperatriz também possuía propriedades, autorizando as pesquisas arqueológicas entre os anos de 1853 e 1889. Reúne vasos, estatuetas, utensílios domésticos, amuletos e objetos de uso pessoal. Alguns desses objetos vieram para o Brasil com a própria Imperatriz, como parte de seu dote. A maior parte da coleção, no entanto, foi enviada posteriormente por seu irmão, o rei das Duas Sicílias, Ferdinando II, atendendo ao pedido dela.

A totalidade das peças organizadas pela Imperatriz compõem um conjunto coeso. Mais que obras de arte, estas peças demonstram o interesse em criar uma coleção de cunho feminino, com objetos de uso cotidiano das civilizações mediterrâneas da Antiguidade. O Museu Nacional já possui em seu circuito expositivo uma grande exposição permanente com boa parte dos cerca de 700 objetos que integram a coleção.

A mostra temporária Teresa Cristina: A Imperatriz Arqueóloga traz ao público pela primeira vez 90 destas peças que antes só poderiam ser vistas por pesquisadores na reserva técnica do Museu Nacional. O acervo a ser exposto possui grande valor histórico e arqueológico, não apenas por cada um dos objetos individualmente, mas pela construção de uma coleção que trouxe para o Brasil um amplo panorama das civilizações antigas.

Exposição Teresa Cristina: A Imperatriz Arqueóloga (Exposição temporária)

Inauguração: 31 de março de 2016, às 16 horas

Abertura ao público: 1º de abril de 2016

Local: Museu Nacional/UFRJ

Quinta da Boa Vista – Bairro Imperial de São Cristóvão – Rio de Janeiro – RJ – Brasil

Aberto de terça a domingo, das 10 às 17 horas, e as segundas das 12 às 17 horas

Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)

Gratuidade: crianças até 5 anos e pessoas com deficiência

Telefone: 21 3938-1100

Website: www.museunacional.ufrj.br

Facebook: www.facebook.com/MuseuNacionalUFRJ

Twitter: @MuseuNacional

YouTube: http://www.youtube.com/c/MuseuNacionalUFRJAssessoriadeImprensa

O Museu Nacional/UFRJ é a mais antiga instituição científica e o maior museu de História Natural e Antropologia do Brasil

Detalhes do evento:


Loading Map....

Dia(s): 01/04/2016 - 03/07/2016
Horário: 10:00 - 17:00

Local: Museu Nacional da UFRJ
Quinta da Boa Vista, São Cristóvão
Rio de Janeiro - RJ CEP 20940-040

Categoria(s):

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)
Período de inscrição:Não foi informado
Site: http://www.museunacional.ufrj.br/
Instituição responsável: Museu Nacional/UFRJ
Email do organizador:imprensa@mn.ufrj.br
Telefone de contato: 21 3938-1100

Comments are closed.