Comemorando a canção como reunião poética originária

Comemorando a canção como reunião poética originária é um evento do “Música Surda”,  grupo de criação poética e musical fundado em outubro de 2001, voltado para a elaboração de canções brasileiras. Realiza musicalmente a poesia de autores consagrados e de novos expoentes da poesia em língua portuguesa. Assim, o grupo contribui para a ampliação do cancioneiro brasileiro, uma vez que todas as canções são inéditas e de autoria dos integrantes do grupo, que também se encarrega da construção de texturas e paisagens sonoras através da criação e concepção de arranjos que buscam a renovação e o sentido poético do gênero canção. O Música Surda constitui seu trabalho de criação a partir da cuidadosa pesquisa poético-musical tendo por sentido ampliar o universo de alcance da palavra poética, superando as habituais distinções entre o popular e o erudito.
A escolha do nome Música Surda faz referência ao Poema homônimo de Dante Milano e pretende afirmar um modo de presença na cultura brasileira, presença esta, em que as atenções estão voltadas para a criação.  O material confeccionado pelo Música Surda foi iniciado nas ações do projeto de pesquisa intitulado ‘Poética e Filosofia: uma re-união originária’ orientado pelo Professor Doutor Antonio Jardim, através da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A pesquisa teve seu início em abril de 2000.
Será apresentado no evento: “Comemorando a canção como reunião poética originária” parte da produção do projeto e a parceria com o Programa Orquestra nas Escolas através da participação do grupo “Camerata de Choro Orsina da Fonseca” e da turma de oficina de violão da UFRJ. Serão presentados também canções e arranjos originais elaboradas pela turma da disciplina de extensão.
Os professores Antonio Jardim, Celso Ramalho, Artur Gouvêa e Eliete Gonçalves irão debater a importância da canção como forma de aprendizado da cultura, com a participação de Larissa Christtine declamando alguns poemas e da professora Eliete Gonçalves, que  lançará o livro “A música como necessidade humana: reflexões para a educação”, fruto de sua dissertação de mestrado no PPGM-UFRJ, orientada pelo professor Celso Ramalho.
O evento marca a criação da revista “Delírio do Verbo”, uma oportunidade para divulgar trabalhos que reúnam poesia, música e pensamento e abrir possibilidades de interseção das áreas de artes, música, filosofia, literatura, história, educação entre outras, contribuindo para o aprofundamento das questões teórico-críticas sobre a canção e a cultura brasileira.

Detalhes do evento:


Carregando mapa ....

Dia(s): 10/12/2018
Horário: 14:00 - 17:00

Local: Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers Avenida República do Chile, 330, 21º andar, Torre Leste.
Rio de Janeiro - RJ CEP 20031-170

Categoria(s):

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: Gratuito
Período de inscrição:00
Site: www.musica.ufrj.br
Instituição responsável: Escola de Música UFRJ
Email do organizador: cissagomes@musica.ufrj.br
Telefone de contato: (21) 2240-1441

Comments are closed.