Práticas e Teorias Feministas em Movimento: algumas histórias de disputas

[CURSO DE EXTENSÃO] – Práticas e Teorias Feministas em Movimento: algumas histórias de disputas de espaços e linguagens

Período curso: 10, 17, 24, 31 AGO e 14 SET

Horário: segundas-feiras, de 14h às 17h

Onde: Plataforma zoom, com link divulgado a partir da confirmação da inscrição

Inscrição: enviar solicitação para labfeministaufrj@gmail.com

Se aluno da UFRJ – Código da disciplina optativa no PLE: LEL013

As vagas são limitadas, mas o curso será gravado e ficará disponível no Canal Fórum M 

De que modos teoria e prática se articulam nas iniciativas feministas? Como uma disputa de espaços de atuação torna-se também uma disputa de linguagens e discursos? Dado que essa não pode ser uma resposta única, a proposta do curso é observar essas questões, a partir da recuperação e análise de alguns movimentos ou iniciativas feministas das últimas décadas, como o movimento pelo salário doméstico do qual fez parte Silvia Federici nos anos 1970, o Mujeres Creando na Bolívia, o Ni Una Menos começado na Argentina, a importância do feminismo negro durante o período da assembleia constituinte no Brasil de 1988, e o Slam brasileiro feito por mulheres na atualidade.

As nossas convidadas para conversar sobre estes temas são:

Margarita Olivera é graduada em economia pela UBA, Argentina e doutora em Economia Política pela Universidade La Sapienza de Roma, Italia. É professora no Instituto de Economia da UFRJ, desde 2015, onde ministra “Economia e Feminismos”, “Desenvolvimento Sócio-Econômico” e “Experiências de Desenvolvimento Comparadas”. É coordenadora do projeto de extensão “Economia e Feminismos” do IE/UFRJ.

Cecilia Palmeiro é doutora em Literatura Latino-americana (Princeton University) e pós-doutora em Letras (Universidad de Buenos Aires – CONICET). Tem publicado os livros de pesquisa Desbunde y felicidad. De la Cartonera a Perlongher (Buenos Aires, Título/Blatt&Ríos, 2011), Correspondência (Buenos Aires, Mansalva, 2016) de Néstor Perlongher, e o romance Cat Power. La toma de la Tierra (Buenos Aires, Tenemos las máquinas, 2017). É professora de Literatura, Estudos Culturais e Teoria de Gênero na New York University em Buenos Aires e na Universidad Nacional de Tres de Febrero (Argentina). É uma das fundadoras do coletivo Ni Una Menos, e junto com Fernanda Laguna desenvolve o projeto de arte e feminismo Mareadas en la Marea.

Thula Pires, mulher preta de axé, mãe da Dandara e bailarina. Professora nos cursos de Graduação e Pós-graduação do Departamento de Direito da PUC-Rio, Coordenadora-Adjunta de Graduação no mesmo curso e Coordenadora Geral do NIREMA (Núcleo Interdisciplinar de Reflexão e Memória Afrodescendente). Membra da Assembleia Geral da Anistia Internacional no Brasil e associada de CRIOLA

Alana Moraes é feminista, doutoranda pelo Programa em Antropologia Social do Museu Nacional – UFRJ. Integra o Pimentalab – Laboratório de Tecnologia, Política e Conhecimento da UNIFESP

Luiza Romão é poeta, atriz e slammer. Mestranda em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo, estuda os 10 anos de Slam no Brasil. Bacharela em Direção Teatral (ECA/USP) e formada na Escola de Arte Dramática (EAD/USP). No teatro, trabalhou em coletivos como Núcleo Bartolomeu de Depoimentos, Teatro Documentário, Cia Ato Reverso, Turma 66/EAD. Atualmente integra a coletiva Palabrería. Seu último projeto autoral, Sangria, mesclou cinema, performance e poesia, circulando por diversas mostras e festivais do Brasil e da América Latina (Porto Rico, México, Cuba, Argentina, Uruguai, entre outros). É autora dos livros Sangria e Coquetel Motolove (o selo doburro/SP).

 

Detalhes do evento:


Map Unavailable

Dia(s): 17/08/2020 - 14/09/2020
Horário: 14:00 - 17:00

Local:
Online: http://www.youtube.com/c/ForumMdasQuebradas

Categoria(s):

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: Gratuito
Período de inscrição:30/07/2020
Site: https://pacc.letras.ufrj.br
Instituição responsável: UFRJ | Letras | PACC
Email do organizador:labfeministaufrj@gmail.com
Telefone de contato: (21) 99545-5004

Comments are closed.