Seminário Franco-Brasileiro

SEMINÁRIO FRANCO-BRASILEIRO
28 DE NOVEMBRO DE 2019 – das 09h30 às 13h00 – Universidade Federal do Rio de Janeiro Programa Eicos/IP e PPED/IE
PROJETOS DE TERRITÓRIOS, ÁREAS PROTEGIDAS, INCLUSÃO SOCIAL E POLÍTICAS PÚBLICAS

As áreas protegidas, sejam habitadas ou não, estão cada vez mais associadas a projetos de territórios sustentáveis. Nesse contexto, ocorre uma diversidade de atividades (agricultura sustentável, artesanato, turismo, ações de proteção da biodiversidade…) e dinâmicas sociais e, sendo assim, frequentemente, no âmbito das políticas públicas, uma das questões-chave é a participação das populações locais no processo de decisão. Com base nesses antecedentes, os palestrantes desse seminário objetivam discutir não somente as dinâmicas de projetos participativos em articulação com as áreas protegidas, mas também os interesses envolvidos, seus limites e suas potencialidades.
Seria possível afirmar que ocorre uma participação efetiva das populações locais nessas iniciativas ou, na prática, esse seria apenas um álibi, com roupagem cidadã, para legitimar esse produto icônico globalizado denominado área protegida, traduzido de diferentes maneiras nos dias atuais?
De que forma essa participação é prevista? Ela é enquadrada e acompanhada por ações públicas ou sua expressão é mais livre e capaz de resultar em projetos em escala local, baseados no engajamento dos diferentes atores sociais envolvidos? Seria esse um processo de participação social apoiado na valorização das potencialidades locais, capaz de contribuir para o enfrentamento das reais necessidades ou a superação das dificuldades identificadas, a partir de uma escuta atenta da gestão da área protegida, enquanto instância institucional pública? Seriam esses encaminhamentos enquadrados nos quais as populações locais são apenas convidadas a participar e, nesse caso, qual seria o lugar efetivo destinado a essa participação no processo? É possível, talvez, que a realidade esteja distante desses dois cenários hipotéticos, em razão de eventuais métodos híbridos que possam conciliá-los, em favor de compromissos que são constantemente renovados.
E de que tipo de projeto se estaria discutindo? Seriam essas iniciativas precisas e focadas na realidade local ou essas seriam mais globais, mesmo considerando as especificidades e os diferentes alcances do processo participativo?
Sem pretender esgotar esse debate, as distintas apresentações buscam contribuir com alguns elementos para as diferentes questões formuladas.

Quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Programação:
09h30-10h00 (BR) / 13h30-14h00 (FR): Recepção dos participantes   10h00-10h20 (BR) / 14h00-14h20 (FR): Marta Irving (Professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro) e Eric Glon (Professor da Universidade de Lille) Introdução ao seminário.   10h20-10h40 (BR) / 14h20-14h40 (FR): Amélie Le Ster – Parque Natural Regional dos Pireneus de Ariège, Doutora em Geografia. Participação das populações locais e reservas da biosfera.

10h40- 11h00 (BR) / 14h40-15h00 (FR): Gustavo Melo – Professor colaborador do Programa EICOS/IP/UFRJ, Doutor em Psicologia. O projeto “favela-parque”: participação social e engajamento de uma comunidade urbana na gestão do Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil.

11h00-11h20 (BR) /15h00-15h20 (FR): Debate

11h20-11h40 (BR) / 15h20-15h40 (FR): Lucie Morère – Post-doc Museu de História Natural, Doutora em Geografia.  A diversidade dos processos de participação social no Parque Natural Regional Scarpe-Escaut : do projeto de território às iniciativas de desenvolvimento local.

11h40-12h00 (BR) / 15h40-16h00 (FR): Guilherme Costa – Professor na ESPM Rio, Doutor em Psicologia. O diálogo para a participação: o caso do Monumento Natural do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, Brasil.

12h00-12h20 (BR) / 16h00-16h20 (FR): Gérald Duhayon – Diretor-adjunto do Parque Natural Regional Scarpe-Escaut. Como passar da rejeição de zonas úmidas à rotulagem Ramsar do território Scarpe-Scheldt, história de uma mobilização paga.

12h20-13h00 (BR) / 16h20-17h00 (FR): Debate e fechamento do seminário.

Coordenação: Marta Irving, Professora, Universidade Federal do Rio de Janeiro e Eric Glon, Professor, Universidade de Lille
Contato (França): Lydia Dourcy (lydia.dourcy@univ-lille.fr)
Equipe de organização (Brasil): Thaiane Oliveira (oliverthai@hotmail.com), Yasmin Nasri e André Coelho

 

Detalhes do evento:


Map Unavailable

Dia(s): 28/11/2019
Horário: 9:30 - 13:00

Local: EBAPE/FGV
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30, Botafogo
Rio de Janeiro - RJ CEP

Categoria(s):

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: Gratuito
Período de inscrição:28/11/2019
Site: www.gapis.psicologia.ufrj.br
Instituição responsável: EICOS/IP/UFRJ, PPED/IE/UFRJ e EBAPE/FGV
Email do organizador:dialogosgapis@gmail.com
Telefone de contato: (21) 3938-5349

Comments are closed.