Mostra Mais 2016, na ECO/ UFRJ

imagem evento portal UFRJ mm2016

A MOSTRA MAIS é a apresentação dos experimentos teatrais elaborados ao longo da disciplina “Direção VI”, do curso de Direção Teatral da Escola de Comunicação da UFRJ.

A edição de 2016 ocorrerá de 11/07 a 29/07/2016, de SEG a SEX. Sala Oduwaldo Vianna Filho (Vianninha), da Escola de Comunicação da UFRJ – campus da Praia Vermelha.

ENTRADA FRANCA! Senhas 1 hora antes! SUJEITO À LOTAÇÃO.

Contato: mostraufrj@gmail.com

 

PROGRAMAÇÃO:

11/07 (SEG) e 12/07 (TER), 18h

Foi o Lobo, essas e outras histórias são verdadeiras, de Diogo Villa Maior

Direção: Bruno Parisoto

Classificação indicativa: Livre

Sinopse: 3 lobos estão sendo Interrogados por um guarda autoritário, por serem suspeitos de estarem provocando o terror nas redondeza.

 

11/07 (SEG) e 12/07 (TER), 20h

A Menina de Lá, de Raysner de Paula

Direção: Gabriel Morais

Classificação indicativa: Livre

Sinopse: Esta é uma história. Uma história narrada por um homem. Um homem que cai. Um homem que conta de uma menina e sua a mãe. Do encontro dele com elas. Do encontro delas com a Morte. Essa é uma história de um homem, uma menina, uma mãe e umas danações da vida.

 

13/07 (QUA), 14h

Seminário de Pesquisas da Direção Teatral

Pesquisa: Performance Urbana: estratégias artísticas e imaginação política

Prof.ª orientadora: Eleonora Fabião

Corpo do Atuante na Rua: Método Panidrom

Autora: Mariah Miguel Valeiras

Arte no Vagão: Trânsito de Afetos

Autor: Danielle do Nascimento Câmara

Pina_aDrag – um corpo de encontro

Autor: Gabriel Pardella

 

Pesquisa: Fazendo Gênero
Prof.ª orientadora: Celeia Machado

Viewpoints no Ensino Médio: a técnica em cena

Autora: Camila Simonin (PIBIC)

 

Pesquisa: Poéticas da Negação
Prof.ª orientadora: Livia Flores

Resistência Teatral Brasileira entre 64 e 68: Tensões, Infortúnios e Caminhos

Autor: Bruno Pinheiro Ribeiro (PIBIC/UFRJ)

Neogrotesco: o que há de novo no grotesco?

Autor: Homero Ferreira (PIBIAC/UFRJ)

 

Pesquisa: Processos de criação da cena

Prof.ª orientadora: Adriana Schneider

Pedagogia do Palhaço

Autor: Daniel Cintra (PIBIC/CNPq)

 

Pesquisa: O trágico e a cena contemporânea

Prof.ª orientadora: Carmem Gadelha

Representação e tragicidade

Autor: Ian Calvet Marynower

Memória e tragicidade

Autor: Henrique Bueno

 

Pesquisa: S.U.A.T – Sistema Universitário de Apoio Teatral

Prof. orientador: José Henrique Ferreira Barbosa Moreira

Levantamento Ambiental em Produção Teatral

Autores: Calvin Fernandes (PBPDI), Diego Assis (PIBIAC), Larissa Guimarães (PIBIAC) e Ana Carolina Mandolini (PIBIAC)

 

Pesquisa: Companhias viajantes. Itinerários de viagens e memórias artísticas entre Itália e América Latina

Prof.ª orientadora: Alessandra Vannucci

O processo de assistência de Direção Cênica na ópera João e Maria

Autores: Antonio Ventura (Pró-Cultura – Cultura II) e Daniel Salgado

 

14/07 (QUI) | 15/07 (SEX), 18h

Senhorita Júlia, de August Strindberg

Direção: Beatriz Oliveira

Classificação indicativa: 14 anos

Sinopse: Em uma noite de festa, ao se envolver em um relacionamento proibido com o seu criado, Senhorita Júlia reflete sobre encontrar a si mesma, vivendo em um mundo com opiniões tão divididas sobre o seu comportamento ideal

 

14/07 (QUI) | 15/07 (SEX), 20h

Absurdo, criação coletiva da Cia Atores de Laura, baseada na obra de Eugène Ionesco

Direção: Taís Feijó

Classificação indicativa: 12 anos

Sinopse: Dois casais que dividem o mesmo lar há vinte anos e não se enxergam, deparam-se com um intruso. Haverá sentido no não-sentido?

 

18/07 (SEG) e 19/07 (TER), 18h

Woyzeck, de Georg Büchner

Direção: Dieymes Pechincha

Classificação indicativa: 18 anos

Sinopse: Cinco interpretes, uma arena, objetos, objetos e objetos. Um soldado precarizado, um mundo despedaçado por ideias conservadoras e uma moralidade assassina. A peça é permeada por opressões e imposições de condutas condizentes a uma ideia de sociedade “civilizada”. “Woyzeck” é a falência desse projeto violento e desumano.

 

18/07 (SEG) e 19/07 (TER), 20h

À margem, baseada em MedeaMaterial de Heiner Müller

Direção: Dani Câmara

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: M A T E R I A L M E D É I A

M U L H E R M A T É R I A M E T A M O R F A
uma reescrita do C O R P O C O L O N I Z A D O

 

20/07 (QUA), 18h

Performances da Dança da UFRJ

  1. Escuda (15 min)

Classificação indicativa: Livre

Sinopse: O corpo pode ser um escudo? Escudo de quem? O trabalho traz em sua construção, as possibilidades de reinvenção do corpo. A ideia que dá suporte à criação é o corpo como um escudo de si. O dançarino revela as impressões deixadas no indivíduo por interações sociais, que podem se tornar permanente e causar um endurecimento ou levar o corpo para inesperadas organizações.

  1. O Nô Sô (35 min)

Classificação indicativa: Livre

Sinopse: Eu canto. E deste canto surge uma flecha. Lança-me, atravessa-me e então decido por lançá-la também ao outro. Ao outro ser parecido em forma, me entrego. E assim continuo o ritual em corpo e alma e partilho essa experiência com os tantos outros seres presentes neste espaço. É simples e não é. Se explica e se complica. Minha mente está em giro, piruetas transversais enquanto meu corpo respira pausadamente e age pequeno e então num lance, corto o ar com minha voz. Paramos, encontramo-nos em olhares, em movimento. Ô Nô nasce dessas “forças” e faz um convite ao espectador para em comunhão partilhar uma possível transformação. Bem vindos sejam!

 

21/07 (QUI) | 22/07 (SEX), 18h

A Morta, de Oswald de Andrade

Direção: João Bernardo Caldeira

Classificação indicativa: 16 anos

Estão batendo. Não há portas. Habitamos uma cidade sem luz direta. DEUS, PÁTRIA & FAMÍLIA┼ Beatriz. A cegueira mora em tua histeria. os mortos governam os vivos. soterrados voltam à LUZ. É preciso desfazer todo sinal de drama! Fundemos um tribunal. Pela porta que

 

21/07 (QUI) | 22/07 (SEX), 20h (peça itinerante pela Escola de Comunicação)

Marat/Sade, de Peter Weiss

Direção: Silvia Galter

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: Um hospício é transformado em palco de confronto de perspectivas diversas frente a um dos momentos mais significativos da história moderna: a Revolução Francesa e suas consequências. A história relata o fim da vida de Jean-Paul Marat, que como se sabe o passou numa banheira, sob a espreita de Charlotte Corday.

 

25/07 (SEG) e 26/07 (TER), 18h

Medeia, de Eurípides

Direção: Ana Paula Gomes

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: Para retomar o reino de seu pai, Jasão rouba o velocino de ouro e seduz Medéia, filha do rei de Cólquida. Fugida, já em Corinto, Medéia é abandonada por Jasão, que pretende se casar com a filha do rei. A feiticeira e expatriada então, planeja e trama uma vingança contra seu marido.

 

25/07 (SEG) e 26/07 (TER), 20h

As Bacantes, livre adaptação da obra de Eurípides

Direção: Gabriel Pardella

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: As Bacantes estão em Êxtase: dançam e cantam em louvor a Dionísio. Evoé! Chegadas em Tebas, terra do Rei Penteu, elas armam combate. Ide Bacantes!

 

27/07 (QUA), 18h

Apresentação dos alunos de Interpretação da Escola de Artes Técnicas Luís Carlos Ripper/FAETEC Mangueira

Aurora da Minha Vida, de Naum Alves de Souza

Direção: Flavio Sanctum
Classificação Indicativa: Livre

Sinopse: “Aurora da Minha Vida” retrata o cotidiano escolar, onde personagens tipo como Adiantada, Quieto, Órfão, Gêmeas se deparam com os conflitos, preconceitos e lutas de poder no micro universo escolar.

 

Basta um Dia – A Tríade Medea, de Flavio Sanctum e Marcelo Gomes

Direção: Flavio Sanctum

Classificação Indicativa: Livre

Sinopse: “Basta um Dia – A Tríade Medea” é uma experência sensorial com livre inspiração em “Medea”, de Eurípedes e “Gota D’Água”, de Chico Buarque. Uma obra que mistura dança, performance e audiovisual, compondo um ambiente onde o terror, o ódio e a vingança podem chegar às últimas consequências.

 

28/07 (QUI) | 29/07 (SEX), 18h

Uma Gaivota, de Anton Tchekhov

Direção: Bruno Marcos

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: Trepliov é um jovem escritor que está à procura de sucesso literário e do amor de Nina, aspirante a atriz. Sob o olhar de reprovação de sua mãe, Arkádina, ele compete constantemente com o aclamado literato Trigórin e tenta superar suas frustrações.

 

28/07 (QUI) | 29/07 (SEX), 20h

In On It, de Daniel MacIvor

Direção: Marianna Mugnaini

Classificação indicativa: 16 anos

Sinopse: Um mercedes azul. Uma batida. Uma história de amor que termina. Esse Aqui e Aquele Ali nos conduzem pelos caminhos desse espetáculo. É sobre coisas que se enfiam na nossa vida. Coisas que simplesmente acontecem. Coisas precisam que a gente invente um sentido pra elas.

 

REALIZAÇÃO: Escola de Comunicação da UFRJ

CO-REALIZAÇÃO: Escola de Belas Artes, Escola de Educação Física e Desportos e Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, Escola de Artes Técnicas Luís Carlos Ripper/FAETEC Mangueira.

APOIO: Fábrica de Tecidos Blue Denim, IATEC, Ótica Tradição, Três Corações e Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro – Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian

Detalhes do evento:


Loading Map....

Dia(s): 11/07/2016 - 29/07/2016
Horário: 18:00 - 21:00

Local: Escola de Comunicação da UFRJ
Av. Pasteur, 250, Praia Vermelha
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro CEP 20940-040

Categoria(s):

Inscrição:

A confirmação de inscrição no evento é de responsabilidade do organizador do mesmo.

Valor: Entrada Franca.
Período de inscrição:Senhas 1h antes de cada apresentação - sujeito à lotação.
Site: www.facebook.com/MostraDeTeatroDaUfrj/.
Instituição responsável: UFRJ (Curso de Direção Teatral da Escola de Comunicação).
Email do organizador:mostraufrj@gmail.com.
Telefone de contato: (21) 99951-8781.

Comments are closed.